Fala pessoal! Tudo bem? Sei que eu estava um pouco sumidinha daqui, porém 2020 começou e com isso muitas metas, não é mesmo?

Queria explicar que um dos motivos pelos quais me ausentei um pouco daqui do blog é o fato de eu estar fora do Brasil fazendo um mestrado em Arts Management. É bem interessante, e de repente eu até escrevo um pouco sobre a experiência aqui.

Porém, todavia, entretanto, eu estava num mínimo recesso de fim de ano e decidi descansar e ver Netflix, pois era tudo que eu precisava nesse momento. Numa das minhas pesquisas netflíxicas eu encontrei um reality show chamado “Glow Up”, e eu devorei os episódios.

O reality se trata sobre maquiagem. A gente ama pouco, né? Os participantes são julgados por Val Garland e Dominic Skinner, Global make-up Director da Loreal Paris e Global Sênior Artist da MAC, respectivamente e realizam provas intensas de make que vai desde fazer um challenge pra social media até efeitos especiais em filmes de Hollywood.

Eu achava que mandava bem em make, mas vendo esse reality tive uma outra visão. Não de eu achar que eu sou ruim, mas de perceber que maquiagem é realmente uma arte.

Tinham desafios em que os participantes precisavam criar na hora uma maquiagem e tinham quase 3 horas pra fazer e eu ficava chocada com os resultados.

Um dos episódios que mais gostei foi o de West End. Os participantes precisam maquiar os atores de “Kinky Boots”, um musical que eu adoro! Então além de mostrar todo o backstage, ainda dá pra ver como é literalmente um trabalho que você precisa respeitar. Há um profissional que criou aquele look do personagem e precisa haver um respeito ao recriar aquela maquiagem. Muito bom! Como amante de musicais e de make, eu fiquei babando!

Outro momento legal foi quando Nikkie Tutorial foi a jurada convidada e o desafio foi sobre social media. Dá pra ver o trabalhão que dá cuidar de um canal do Youtube e produzir conteúdo de maquiagem. Eu achei genial, me deu vontade de largar tudo e ir estudar maquiagem.

Se você ficou interessado, checa no Netflix essa preciosidade e comenta o que achou.

Vamos nos ver mais esse ano hein! Meta 2020!

Mil bjos e um EXCELENTE início de década.

Nat

Olá!! Espero que todos tenham passado a virada do ano muito bem e que tenham aproveitado bastante!

O primeiro post do ano, além de desejar um 2018 maravilhoso e cheio de alegrias e realizações, também vai falar sobre depilação. Isso mesmo! Embora muitos tenham que encarar a realidade da rotina de trabalho amanhã, algumas pessoas ainda vão curtir as férias. Férias, verão, praia, biquíni… depilação!

Há pouco mais de um ano abandonei a cera, lâmina e creme depilatório e optei pelos depiladores elétricos. Como retiram o pelo pela raiz, eles proporcionam um resultado tão duradouro quanto a cera, mas não agridem tanto a pele. Dói? Sim, mas nada que uma pomada anestésica não resolva. Porém, é melhor consultar uma dermatologista antes quanto a isso. E depois, você acaba se acostumando. Para quem não curte ir ou gastar com depiladora, a vantagem é que dá para fazer em casa e o aparelho dura anos, o que acaba sendo um ótimo investimento.

Estes são os aparelhos que uso. O maior para braços, pernas e buço, custou em média R$ 400. O menor para virilha e axila, mais ou menos R$ 200. Ambos foram comprados pelo site das Lojas Americanas.

Para a depilação durar mais, é aconselhável esfoliar sempre um dia antes. E utilize um gel hidratante calmante logo após 😉

Depois é só aproveitar as férias, sem pelos, com bastante filtro solar e sem neura!

 

Olá pessoal
Como vão?
Trago aqui mais uma resenha de batom ( eu sei que são muitas, mas é porque a gente realmente ama batom!). O lindão dessa vez é o Young Attitude da MAC. Ele é da coleção Retro Matte e é aquele estilo diferentão. Ele é nada mais nada menos que um azul turquesa enegrecido. Pois é, eu gosto desses batons diferentes, mas como já havia comentado gosto mais quando eles são escuros, pois sinto que valoriza a minha pessoa.
O batom pelo jeito fez muito sucesso nos EUA e por aqui também. Galera tá ousada hein!
A durabilidade dele é bem boa, não precisei passar muitas camadas, e ele é bem sequinho por ser líquido, né? Eu sempre sofro um pouco com a secura desses batons, mas aí passo um pouco de hidratante labial e fica tudo certo.
A cor é linda, durabilidade boa, não muito seco, só o preço que é aquela coisa né..preço de MAC.
Mas olhando aqui na minha coleção achei um dupe dele: Verty da Max Love.
A cor é muito parecida e o preço é ridiculamente mais baixo, mas a qualidade deixa a desejar. Comprei o Verty ano passado e logo que passei na boca fiquei apaixonada, porém assim que passei o dedo ele esfarelou todo. Então quando a MAC lançou esse tive que comprar.
Fica a dica da semana, vou colocar algumas fotos dele aqui

o de cima é o Young Attitude e o de baixo Verty

É isso amores
Até o próximo post!

Nat

Fala galera!
Não é segredo pra ninguém que os batons acizentados estão super em alta, certo?
Tem inclusive vários posts aqui sobre isso.
Até então minha avó não tinha entrado no clima, maaaaaas no domingo passado eu e ela estávamos andando no shopping e passamos pela loja Boticário. Quando minha avó estava vendo as maquiagens, algo chamou sua atenção: um batom líquido acizentado.
Não preciso dizer mais nada né? Eu estava usando o meu Hermione em bala e até a moça da loja falou que era muito parecido, mas minha avó comprou mesmo assim. Pra mim foi ótimo, já que roubo todas as maquiagens dela.
De fato experimentei o batom e estou impressionadíssima com algumas coisas.
– textura- por ser um batom líquido ele é bem seco, mas é super confortável na boca.
– duração- não tive a chance de usar por um dia inteiro, mas ele resistiu à comida, bebida e até hidratante labial.
– cor- a cor é lindíssima, típico rosa/uva/lilás acizentado. Minha avó achou lindo, pois ela falou que não era mega chamativo.
Eu expliquei pra ela que, como o batom tem um tom frio, ele é escuro, as pessoas sabem que você está de batom, mas ele não fica chamativo. Se fosse uma cor mais quente, mesmo que mais clara, chamaria mais atenção.
Ah! Ele é da linha Comfort mate, por isso fica tão confortável na boca!

Então está aí mais uma recomendação: batom líquido Taupe Chic da Boticário

Um beijo e até a próxima

Nat

Olá pessoal
Hoje venho falar de mais maquiagem. Dessa vez o tópico é o lindo MAC Halsey.
Ano passado a MAC lançou uns produtos lindos inspirados em alguns artistas da música numa coleção chamada MAC Future Forward. Esse batom no caso foi formulado/ inspirado na cantora Halsey, que sinceramente eu não conhecia antes disso.
A primeira coisa que gostaria de dizer é que tanto eu quanto Thaise testamos o batom. Como Thaise tem a pele negra e eu sou bem branquinha, ficaram muito óbvias as diferenças entre uma e outra.
Pelo batom ser cinza (cinza mesmo, não acizentado!) ele tem uns subtons azuis, que no caso apareceram mais na pele negra da Tatá. Na minha pele ficou mais cinza escuro mesmo.
A fórmula é a dos batons em bala da MAC mesmo, super confortável, super ousado. Ele não é exatamente matte, é mais cremoso. Foi bem fácil de tirar com papel seco pra ter uma idéia.
Ele foi edição limitada, então quem comprou, comprou.
Vale dizer que o cinza já faz sucesso na moda há algum tempo, você vê em cabelos, em make, em unha. Pessoalmente acho uma cor super chique e deixa a gente com cara de elegante.
Vou postar um vídeo aqui de uma menina experimentando o batom pra vocês poderem ver. Eu sou apaixonada! Como já disse em posts anteriores, eu curto cores “diferentes”, desde que sejam escuras. Verde escuro como Crocodile Tears do Jefree e agora Halsey cinza escuro da MAC.

Espero que tenham gostado!
Beijos em todos e todas
Nat

A dica de hoje é para aquelas que querem dar um up no sorriso sem gastar muito. Quem não gosta de um sorriso bonito e branquinho, não é verdade? Porque de nada adianta usar aquele batom BAPHO, se os dentes estão amarelados. E tem umas cores destacam ainda mais o amarelado.

Nunca fiz clareamento caseiro com moldeira e acompanhamento do dentista, mas já fiz aquele a laser no consultório. Confesso que me arrependi depois. Além de caro, no dia do procedimento a sensibilidade nos dentes é quase insuportável. E também não gostei muito do resultado. Parecia um branco encardido.

Depois disso, procurei outros métodos que venho utilizando até hoje, e têm dado certo. A caneta branqueadora e as fitas branqueadoras. A caneta é boa para clarear as áreas que a fita não consegue pegar. Mas é importante não abusar, para não causar sensibilidade. Sempre uso uma vez a cada 6 meses, durante uma semana só. E sempre alterno, um dia uso a fita, no outro a caneta. É fácil encontrar as duas opções no Mercado Livre, por até R$ 30.

Para quem está disposta a gastar mais um pouquinho, a pasta Curaprox, aquela pasta preta que custa em média R$ 118, também pode ser uma opção. Eu já usei, e acho que, comparada as outras pastas de dentes, ela mais manteve o efeito da fita e da caneta, do que clareou de fato. E o tubo durou meses, por isso, achei que valeu o investimento. Ah, lembrando que essas dicas não vão valer muito se você tiver alguma restauração nos dentes em resina.

Olá pessoal,
Hoje vim falar de mais maquiagem. Por que? Porque sim! Pra quem não conhece, Jaclyn Hill é uma beauty guru americana que arrasa no Youtube com seus tutoriais de maquiagem e bate-papo sobre beleza. Eu a conheci há uns dois anos mais ou menos e tenho acompanhado a carreira dela. Ela já lançou maquiagem com a marca Becca Cosmetics,que foi super sucesso na Sephora. O produto mais famoso foi o Champagne Pop, um iluminador maravilhoso!
Com a marca Morphe, que é uma marca bem controversa no mundo digital, ela já havia lançado uma paleta com suas sombras favoritas. Desta vez ela criou 35 novas sombras com a marca para sua paleta “The Jaclyn Hill palette”.
Vou postar abaixo o vídeo onde ela introduz a paleta, fala sobre as sombras, e dá pra ver seus olhos brilhando.
A embalagem é inédita, as sombras são inéditas e tudo está bem com a cara dela. Eu não tive a oportunidade de nem chegar perto dessa paleta e não sei quando poderei, por isso não posso falar muitos detalhes sobre pigmentação, duração etc, mas confesso que estou muito afim de comprar! De qualquer forma achei válido falar aqui sobre ela, já que está bombando e já fora de estoque no site da Morphe.

É isso, espero que tenham gostado do post. Muitos beijos!
Nat

Olá pessoal!
Tudo bem?
Venho hoje trazer um post sobre maquiagem!!!! Eba!!!!! Eu adoro escrever sobre make porque sou uma viciada em maquiagem assumida.
Apesar de adorar todos os produtos, já tem um tempo que o meu preferido é o batom. Sim, os batons. E sabe o motivo? Percebi que no rosto não dá pra fugir muito da rotina. por exemplo, passo primer, base, pó, contorno e blush. As cores são geralmente as mesmas e é isso aí. Agora, quando se fala em sombra e em batom pode brincar a vontade! Pode abusar das cores e texturas. Esse é o bacana.
Dito isso, já falei algumas vezes aqui da minha coleção de batons e vou falar sobre o mais novo membro dela: o batom Bela.
Ele se tornou rapidamente o meu queridinho. tenho usado muito, então achei uma boa idéia falar o que acho dele.
A duração é ótima. Assim como a maioria dos batons da Bruna do Pausa para Feminices ele é matte e dura muito nos lábios. Ele sobrevive à comida, bebida e não testei mas acho que até a beijo na boca rs
A cor dele é lindíssima. É um tom marsalla, que bombou em 2015, meio cor de boca só que mais escuro. Foi inspirado na princesa da Disney de mesmo nome. Aquela sabe, que se apaixonou por uma Fera que virou príncipe.
Fui olhar a boca dela e percebi que realmente a boca dela é daquele cor. Ela deve usar o mesmo batom rs.
Comprei no site da T-blogs mesmo e chegou super direitinho e está direto na minha bolsa porque estou completamente apaixonada.
Como sou muito branquinha a cor fica bem escura em mim. Mas acredito que em peles negras ele seja mais claro ou fique até um nude.

Eu estava muito na vibe dos batons acizentados, mas confesso que desde que comecei a usar o batom Bela voltei a ser uma apaixonada por batons rosas, vermelhos….ai..os vermelhos…farei um post sobre eles.

É isso galera…

Até o próximo post!

Nat